fbpx
Ir para o conteúdo
Planos de Saúde

Tudo o que você precisa saber sobre convênio médico

Leitura: 5 min
442 visualizações

Nos dias de hoje, não usamos mais o termo convênio médico para indicarmos algum produto referente aos planos de saúde comercializados pelas empresas de saúde.

Entretanto, por ter sido muito utilizado, o termo ainda é utilizado por muitas pessoas que falam sobre a contratação de algum tipo de plano de saúde.

 

O que é?

Ao se tratar de um convênio médico, podemos classificá-los em até 3 tipos – para entender melhor como eles funcionam. Podemos falar de:

Empresarial

Esse tipo de convênio médico é apresentado para os funcionários de uma determinada empresa. Eles são oferecidos como benefício – e o valor final é discutido entre operadora de saúde e empresa, assim como a cobertura e carência. Esse tipo de convênio é permitido a inclusão de dependentes.

Coletivo

Quando oferecido por adesão, é bastante semelhante com o convênio empresarial – entretanto, o cliente deve estar vinculado a uma entidade de classe ou sindicato. Há outras possibilidades, como ser contratado por uma associação ou grupo específico. Algumas operadoras oferecem inclusão de dependentes para esse tipo, mas é preciso buscar informação.

Pessoa física

Esse tipo pode ser individual ou familiar. Caso opte pelo individual, é recomendado que pense em todas as suas necessidades, pesquisando qual o melhor convênio que se adeque.

Já no familiar, a cobertura consegue abranger mais de uma pessoa e pode ser utilizada por toda a família – desde que se tenha uma responsável legal, enquanto o restante entra como dependente. Os valores e benefícios variam muito de operadora para operadora, pois isso é importante se atentar com o que cada uma oferece.

É importante destacar, que a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) estabelece certos padrões para os serviços que o convênio médico é obrigado a cumprir. Estes padrões são estabelecidos de acordo com cada tipo de plano que é contratado. Por isso, é necessário ficar o mais atento possível quando você for escolher um plano de saúde, para que evite futuros problemas, como pensar que tem direito a um tipo de serviço, sendo que na verdade não tem.

 

Tipos de convênio médico

É importante saber quais os tipos de plano que um convênio pode oferecer, bem como os benefícios e coberturas que ele pode oferecer. Separamos alguns dos tipos mais comuns e populares e o que eles podem oferecer:

Plano Odontológico

Esse é um plano básico, que tem como função o atendimento odontológico. Nele você consegue marcar consultas, exames, atendimento de urgência – e dependendo do plano, você também pode ter o benefício de cirurgias incluso.

Plano de Referência

Esse plano oferece o atendimento médico-hospitalar em acomodações de enfermaria – além disso, você também tem o direito a parto, UTI, exames e outros tratamentos dentro dos procedimentos da ANS.

Plano Ambulatorial

Esse tipo não oferece a internação hospitalar – entretanto, consegue cobrir exames e consultas que não necessitem da estrutura hospitalar.

Plano Hospitalar com ou sem obstetrícia

Esse é um dos planos mais completos, podendo ser encontrados com ou sem obstetrícia – com exceção disso, ambos os planos possuem uma cobertura completa no quesito de internações, exames, consultas e UTI.

O plano com obstetrícia – além de todos os benefícios citados anteriormente – oferece o parto e todos os cuidados com o recém-nascido. Dependendo da sua operadora de saúde, alguns planos oferecem até mesmo UTI neonatal e atendimento sem custos no 1º mês de vida da criança.

 

Convênio x Seguro Saúde

Muitas pessoas acabam confundindo o convênio com o seguro saúde, ou pensando que os dois funcionam da mesma forma – o que é uma informação bastante equivocada.

O seguro saúde não é a mesma coisa que um convênio médico. Pelo contrário, no seguro saúde o beneficiário utiliza médicos e redes particulares e então é reembolsado pelo seguro saúde. Vendo por esse lado, ele é semelhante aos convênios, mas há pontos importantes que diferem um do outro.

Por exemplo, com o seguro saúde é possível contratar módulos de cobertura que vão atender o beneficiário de maneira exclusiva. Por utilizar serviços particulares e ser reembolsado depois, o beneficiário tem mais agilidade no atendimento se compararmos com um convênio.

Além disso, no seguro saúde não há uma rede credenciada para escolher o melhor médico ou melhor hospital. O beneficiário tem toda a liberdade para escolher onde quer ser tratado.

 

Entenda qual é o melhor plano de saúde para você (e para o seu bolso!)

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: