fbpx
Ir para o conteúdo
Coração Dieta Saúde

Quem diria: dieta com pouco sal pode fazer mal ao coração!

Leitura: 4 min
536 visualizações

Há anos imagina-se que quanto menos sal na dieta, mais saudável a sua alimentação, certo? Pois este conceito começa a ir por água abaixo desde que um novo estudo mostrou que o baixíssimo teor de sódio pode ser tão prejudicial à saúde quanto o seu excesso. Mas será que isso vale também para quem já sofre com hipertensão? Aproveite a sua próxima consulta ao cardiologista ou clínico geral do seu plano de saúde e tire todas as suas dúvidas. Mas antes, veja o que os pesquisadores do Instituto de Pesquisa em Saúde Populacional da Universidade McMaster e do Hamilton Health Sciences, ambos no Canadá, descobriram revisando estudos envolvendo mais de 113 mil pessoas.

Sal de menos, riscos demais

Foram quatro estudos revisados com 63.559 pessoas hipertensas e 69.559 sem hipertensão que foram acompanhadas durante quatro anos. Ao analisarem o consumo de sódio médio medido através dos exames de urina os pesquisadores chegaram à conclusão de que o teor muito baixo de sódio na realidade pode aumentar consideravelmente o risco de doenças cardiovasculares.

Eles verificaram que quem já tem pressão alta e consome mais de 7g de sódio por dia tem 23% a mais de chances de eventos cardiovasculares em relação aos que consomem entre 4g e 5g por dia. Até aí, nenhuma surpresa – até que este risco subiu para 34% entre as pessoas hipertensas que consumiam menos de 3g diariamente. E isso entre os hipertensos.

Já entre os voluntários que não sofrem de hipertensão, não houve nenhum aumento de risco entre os que consumiam mais de 7g diárias de sódio, nem de doenças ou morte por causas cardiovasculares. Isso também foi, de certa forma, inesperado. Mas inesperado mesmo foi o resultado para quem consumia menos de 3g diárias: aí o risco aumentou 26% em relação aos não hipertensos que consumiam entre 4g e 5g de sódio diariamente.

Checkup é o passo mais importante

O que isso significa? Os pesquisadores que conduziram o estudo destacam a importância de reduzir uma quantidade de sal elevada entre pessoas hipertensas, mas principalmente o risco das dietas de zero sal ou índices baixíssimos de sódio. O ideal, portanto, é conversar com seu cardiologista e não esquecer de manter o checkup em dia, principalmente os exames preventivos de quem já é hipertenso.

Uma boa dica é aproveitar o plano de saúde para consultas com um nutricionista, mesmo que você não sofra com hipertensão. Ter uma alimentação balanceada, baseada no seu perfil alimentar, colabora para evitar o sobrepeso, reduzir o excesso de gordura no sangue, nas vísceras e a gordura localizada, e ainda colabora para o aumento da autoestima e do bom humor.

Preste atenção aos períodos de carência do seu plano de saúde e não perca nenhum exame. Se você ainda não tem um plano de saúde individual, familiar, coletivo ou empresarial, faça agora mesmo o seu, porque é muito fácil e está cada vez mais em conta. Há planos para todos os tipos de perfil, com valores bastante variados dependendo da cobertura desejada.

Não espere mais para garantir a sua saúde. Você faz sem nem precisar sair de casa, apenas verificando as operadoras que atuam na sua região, pedindo um orçamento online e conversando com um vendedor especializado. Nunca foi tão fácil ter uma vida saudável.

Plano
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Plano de Saúde

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: