fbpx
Ir para o conteúdo
Para Grávidas

Quando fazer um plano de saúde para gestante?

Leitura: 11 min
7570 visualizações

Uma das fases mais especiais e inesquecíveis da vida, a gestação é marcada por emoções fortes, como o acompanhamento do desenvolvimento do bebê e as expectativas para ter o filho nos braços depois da longa espera de nove meses. Durante o período de crescimento do feto, a saúde da mãe e do bebê se tornam a maior prioridade para o casal e as pessoas mais próximas, por isso, um plano de saúde para gestante se torna muito necessário!

Essa é uma das razões que fazem com que muitas mulheres optem por fazer um plano de saúde na gravidez. A preocupação das mães em receber uma assistência médica e acompanhamento de qualidade durante a gestação faz com que ter um plano de saúde seja a melhor opção para uma gravidez tranquila e proveitosa.

RECEBER PREÇO DE PLANOS DE SAÚDE PARA GESTANTES

No entanto, qual é o melhor momento para uma mulher adquirir um plano é a dúvida tanto de futuras mamães quanto de mulheres que estão grávidas no momento. Quem não se planejou ou engravidou de forma inesperada acaba tendo ainda mais dúvidas, principalmente por não ter certeza se vale a pena ou não investir em um plano depois da gravidez. Veja algumas dicas e descubra todas as vantagens de plano de saúde para gestante:

Antes da gravidez

Para quem pode fazer um planejamento antecipado, contratar um plano de saúde antes da gravidez é o melhor momento sem dúvidas. Mesmo que você não saiba se vai engravidar daqui a um ou cinco anos, a simplesmente vontade de ter filhos nos próximos anos pode ser suficiente para fazer com que a decisão valha a pena.

Principalmente para quem tem um namorado que pretende se casar nos próximos anos e para os casais jovens, a ideia de ter um filho pode surgir da noite para o dia e, é possível ainda que a gestação aconteça sem nenhum planejamento. Pensando em todas as possibilidades, qualquer mulher adulta em plena idade fértil deve contratar o serviço o mais rápido possível, já que nem sempre é possível prever quando chegará a hora de ser mãe.

A principal vantagem de já iniciar a gravidez com um plano de saúde é que você não precisa passar por tempo de carência, que costuma resultar em pelos menos seis meses de espera até poder usufruir dos serviços. Desta forma, você já terá cobertura do plano no pré-natal e toda a assistência do início ao fim da gravidez, sem nenhum problema ou preocupação.

Já estou grávida, vale a pena?

A vida ia ser perfeita se fosse possível planejar todas as etapas com antecedência. Como nem sempre isto acontece, não são poucas as mulheres que pensam em contratar um plano de saúde somente depois que já descobrem que estão grávidas. Quando isso acontece, o período de tempo de carência pode ser desmotivador para a contratação do serviço.

No entanto, contratar um plano de saúde mesmo depois de estar grávida pode oferecer dezenas de vantagens que muitas vezes passam despercebidas. Mesmo que você comece com um acompanhamento particular ou pelo SUS – Sistema Único de Saúde, poderá usufruir dos serviços assim que acabar o período de carência, que pode ser ainda durante a gestação.

Além disso, você terá assistência no parto e poderá incluir o bebê no plano de forma gratuita, o que é outra vantagem que faz com que valha a pena contratar o serviço em qualquer etapa da gravidez. Para as mulheres que ainda desejam ter mais filhos nos próximos anos, o plano de saúde também servirá para atender as necessidades médicas no futuro.

Como incluir o bebê no plano

O plano de saúde mais adequado que uma gestante ou mulher que pretende ter filhos deve escolher é o serviço com obstetrícia. É esse serviço dá assistência ao pré-natal e permite que as gestantes incluam o bebê no plano após o nascimento, sem custo extra e sem que a criança necessite passar por tempo de carência.

O bebê pode ser incluso tanto no plano de saúde da mãe quanto do pai, desde que a família cadastre a criança com o prazo de até 30 dias após o nascimento. A certidão de nascimento é um dos documentos indispensáveis para o cadastro, no entanto, não há muitas burocracias e o processo pode ser feito rapidamente e com tranquilidade.

Vale a pena ter um plano na gravidez?

O fato das mulheres gravidas estarem cada vez mais interessadas em ter um plano de saúde já mostra o quanto serviço pode ser útil durante a gravidez, no parto e após o nascimento do bebê. Mesmo para as pessoas que nunca se preocuparam muito com a saúde, a gravidez costuma mudar a realidade e fazer com que o bem-estar próprio e do bebê esteja em primeiro lugar.

O plano de saúde é sempre a melhor escolha por uma questão de estabilidade, conforto e qualidade. A estabilidade surge pelo controle que o usuário tem dos gastos com o serviço, podendo incluir no orçamento familiar exatamente a quantia que deverá ser paga todos os meses. Sem um plano, gastos inesperados com saúde podem causar dificuldades financeiras para a família.

Outra vantagem é que só os planos de saúde conseguem oferecer um serviço de qualidade por um preço em conta. Deixar tudo nas mãos do SUS pode ser arriscado, já que nem sempre o serviço público oferece uma estrutura adequada para atender a população que mais precisa. Ao usar apenas os serviços do SUS, sempre haverá a preocupação de não receber um atendimento adequado e com a qualidade que precisa para cuidar da saúde de forma completa.

O que está incluso para o momento do parto?

Fique de olho na cobertura do seu plano antes de acertar tudo, pois depende muito de qual plano de saúde foi contratado.

Vale lembrar que dependendo do plano de saúde para gestante podem permitir o reembolso, mas com limite de valor. Então veja se essa possibilidade se encaixa no seu bolso e no seu perfil de plano de saúde.

Sobre a opção de parto entre cesária ou parto normal, a decisão poderá ser sua e do seu médico. Porém, há uma regulamentação da ANS, de 2015, que incentiva a cobertura do parto normal pelos convênios. Não deixe de conversar com o seu especialista para que você possa fazer a opção mais segura para você.

Atendimento dos planos

Mulheres que já possuem um plano de saúde com cobertura obstétrica podem não ter nenhuma restrição ao atendimento quando engravidarem. Estão cobertas mulheres que já possuem esse tipo de plano 300 dias antes da data prevista para o parto. Nesse caso, todos os exames do pré-natal e as despesas médicas e de internação estão cobertas, conforme as coberturas contratadas do plano.

Já as mulheres que engravidaram e não possuem um plano de saúde com cobertura obstétrica, precisam correr contra o tempo. Até a 5ª semana de gestação vale a pena contratar o plano, pois esse é o prazo máximo indicado por especialistas para obter o máximo possível de benefícios. Apesar de algumas carências, até a 5ª semana de gestação a maioria dos exames previstos no pré-natal estará coberta.

Atendimento para seu bebê

A mamãe deve estar ciente também que, em 30 dias contados do dia do nascimento, é necessário solicitar a inclusão do bebê como dependente no seu plano de saúde, sem ser preciso cumprir carências. Após esse prazo de 30 dias, a empresa poderá exigir a carência.

Os melhores planos de saúde para gestantes

Dentre as operadoras de saúde, as que oferecem cobertura com obstetrícia são as ideais para as gestantes. As que mais se destacam por sua variedade de serviços são os planos de saúde da Unimed, com o Programa Gestante, oferecendo o acompanhamento necessário no pré-natal e no puerpério. Além disso, são oferecidas palestras e cursos às gestantes, para que elas sejam orientadas aos cuidados com um recém-nascido.

O plano de saúde para gestante da Bradesco Saúde também é um dos preferidos, pois oferece a cobertura de obstetrícia, garantindo exames, consultas e todos procedimentos necessários no pré-natal numa ampla rede credenciada.

FALE COM NOSSOS VENDEDORES E DESCUBRA O PLANO IDEAL PARA SUA GRAVIDEZ

E também a Hapvida, que no programa de Medicina Preventiva, contempla vários serviços voltados para gestantes, como o acompanhamento desde o pré-natal até os primeiros passos do bebê. Para completar, a Hapvida é responsável pela maior rede materno-infantil, com uma infraestrutura moderna, UTI neonatal e acompanhamento pediátrico.

Bruno
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Bruno Avelino

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: