fbpx
Ir para o conteúdo
Bem estar Consultas Dieta

Por que consultas ao nutricionista são caras?

Leitura: 5 min
777 visualizações

Se você é daquelas pessoas que acha que não tem dinheiro para ser saudável porque tudo é muito caro, a começar pela consulta à nutricionista, prepare-se para uma excelente notícia: você não poderia estar mais enganada. É verdade que o profissional é altamente especializado e que é preciso retornar várias vezes ao consultório para a manutenção do plano alimentar? Sim, é verdade. E é verdade também que muitos alimentos diet e light são bem mais caros do que os comuns? Sim, é verdade também. O que não é verdade é que você realmente precise pagar a mais por tudo isso para emagrecer, já que com o plano de saúde você tem direito à cobertura do nutricionista, com 12 sessões por ano garantidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A outra boa notícia é que, chegando lá, você vai descobrir ainda que a dieta pode sair muito mais em conta do que você imagina – e com resultados muito melhores do que gastando uma fortuna em produtos dietéticos.

Aproveite mais as consultas com o nutricionista do plano de saúde  

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais da metade dos brasileiros está acima do peso ideal, por isso se este é o seu caso já está até passando da hora de dar mais atenção a este aspecto da saúde. Não é segredo para ninguém que o sobrepeso aumenta o risco de diversas outras doenças relacionadas, principalmente as cardiovasculares, portanto reduzir o peso corporal é também uma excelente forma de prevenção contra a hipertensão arterial, AVC, diabetes e infartos, só para citar algumas.

O primeiro passo, portanto, é contratar um plano de saúde, o que você hoje faz sem nem precisar sair de casa. Depois, é procurar um nutricionista, que com base nas suas peculiaridades nutricionais e nos seus hábitos alimentares vai passar a dieta mais adequada à perda de peso. E é aí que entra a economia, porque você pode reduzir medidas apenas fazendo as substituições certas, sem precisar investir em alimentos caros. Muito pelo contrário: se o que você gosta mesmo é de uma boa feira-livre, lá você encontra todos os grupos alimentares necessários para emagrecer com saúde, sem pesar no bolso.

Alimentação balanceada não precisa ser dispendiosa 

Em outras palavras, o que você precisa é que a soma das suas refeições tenha cereais, leguminosas ou grãos, frutas, verduras, leite, carnes e derivados preparados de forma saudável, ou seja, pobres em sal e em gorduras. O que acontece é que os alimentos light, por exemplo, têm apenas 25% a menos de nutrientes – mas não é por isso que são menos calóricos, ao contrário da crença popular. Na verdade, de acordo com os nutricionistas, eles só devem ser usados em casos de alguma patologia que justifique sua indicação, como a diabetes, por exemplo.

Por outro lado, as fibras aumentam a sensação de saciedade e têm uma concentração maior de vitaminas e minerais, mas é possível driblar o custo desses alimentos através de um equilíbrio entre a substituição e a quantidade Quer um exemplo prático disso? Em vez de comer um pãozinho francês ou duas fatias de um pão de forma comum, reduza-os à metade e complemente com um alimento rico em fibra mais acessível, como uma colher de sopa de aveia, por exemplo. Salpique uma fruta da estação ou um iogurte e você tem um café da manhã delicioso e perfeitamente balanceado, que vai ajudar você a perder peso mantendo a saúde.

Veja como economizar com o plano de saúde

No entanto, é importante frisar que o acompanhamento do nutricionista é fundamental para ter um bom resultado, já que através dos seus exames laboratoriais – que também podem ser feitos pelo plano de saúde – ele vai compor o plano alimentar de forma a equilibrar todos os nutrientes que você precisa. Por outro lado, o plano de saúde também pode pesar menos no bolso se você fizer algumas customizações. A dica é fazer uma lista das suas necessidades, dar uma olhada nas operadoras que atuam na sua região e conhecer todos os planos que são oferecidos. Dependendo da cobertura e do tipo de mensalidade (fixa ou com co-participação), o valor pode cair até 50%.

Quer saber mais sobre os valores e tipos de planos? Você pode fazer uma cotação online totalmente sem compromisso e conversar com um vendedor especializado. Ele é a melhor pessoa para indicar o plano de saúde mais indicado para o seu perfil e o seu orçamento.

Plano
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Plano de Saúde

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: