fbpx
Ir para o conteúdo
Para Mães e Filhos Plano de Saúde para Crianças Planos de Saúde

Plano de saúde para recém nascidos

Leitura: 4 min
1618 visualizações

São nove meses preparando com tanto carinho, que quando o filhote nasce a última coisa que se deseja é que alguma coisa ruim aconteça com ele. No entanto, os bebês chegam ao mundo ainda tão frágeis, que são várias as ameaças que o rondam enquanto seu sistema imune ainda está em desenvolvimento.

O ideal, portanto, é que ele já saia da barriga da mamãe protegido por um plano de saúde. Mas será que isso é possível? Quais os procedimentos? Fique tranquila, aqui você vai ver como é fácil deixar seu neném totalmente protegido desde seus primeiros segundos no planeta.

Comece com um pré-natal perfeito

Mamãe esperta e preparada sabe que o pré-natal é indispensável para uma gestação saudável, para ela e para o bebê que está formando. E sabe também que, hoje, cumprir cada etapa do programa, com todos os seus exames e consultas, está cada vez mais difícil pelo sistema público de saúde e mais caro de forma particular.

Então, já deve ter feito seu plano de saúde individual, familiar, coletivo ou empresarial com obstetrícia, a melhor opção para mulheres em idade fértil. Sendo assim, você está coberta em relação a tudo o que for necessário para o seu pré-natal e também para o parto.

Seu bebê já nasce coberto pelo seu plano, sem carências

Melhor ainda é que, sendo assim, seu bebê já vai nascer coberto pelo seu plano também. Durante todo o seu primeiro mês de vida o plano de saúde cobre os procedimentos neonatais, inclusive UTI neonatal em caso de necessidade, sem que ele esteja sujeito a qualquer carência – a menos que os pais ainda estejam no período de carência pré-estabelecido para algum procedimento em particular.

Após os 30 dias, no entanto, automaticamente esta cobertura chega ao fim, então a dica é, antes de findo este primeiro mês de vida, fazer a inclusão do bebê oficialmente no plano.

O procedimento é bastante rápido e fácil, praticamente sem burocracia, mas deve ser feito dentro desse período de 30 dias para evitar que, aí sim, seu filhote acabe caindo na carência de um plano novo.

Faça dele titular de seu próprio plano

Se, no entanto, você acaba de ter seu bebê mas não tem um plano de saúde, você pode fazer um plano de saúde familiar, já o incluindo junto com você, ou fazer um plano de saúde para crianças, como titular de seu próprio plano, mesmo que sejam recém-nascidas.

Assim você o estará protegendo contra imprevistos ao longo de toda a sua jornada de aprendizagem, que, sabemos bem, inclui vários pequenos e grandes sustos nas mamães.

Só que com a garantia de atendimento rápido, especializado e eficiente, esses sustos têm muito mais chances de serem apenas isso mesmo, sustos.

Não esqueça: a cobertura de obstetrícia é fundamental

Por outro lado, se você ainda não engravidou e só depende do SUS, não fique à mercê de surpresas desagradáveis quando você mais precisar. Faça um plano de saúde com obstetrícia ou mude para um que inclua essa especialidade, porque só assim, quando chegar a hora, você terá a segurança e a qualidade de atendimento que você e seu filhote merecem.

Há planos para todos os bolsos e perfis e tudo o que você tem a fazer é uma busca sobre a variedade de planos oferecidos pelas operadoras que atuam na sua região.

Faça um orçamento sem compromisso e marque um bate-papo personalizado com um corretor especialista. Além de tirar todas as suas dúvidas, ele também poderá indicar as melhores opções para o seu caso.

Entenda qual é o melhor plano de saúde para você (e para o seu bolso!)Powered by Rock Convert
Bruno
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Bruno Avelino

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: