fbpx
Ir para o conteúdo
Plano de Saúde para Empresas Planos de Saúde

Plano de saúde empresarial: por que a minha empresa deve ter um?

Leitura: 9 min
5868 visualizações

Uma opção adotada por pelo menos 75% das empresas de todo o Brasil, os planos empresariais já se mostraram vantajosos em diversos sentidos. Segundo pesquisas, ter um plano de saúde empresarial é a prioridade de mais de 70% dos funcionários de diversas companhias, seja de pequeno, médio ou grande porte.

Além de garantir a saúde do trabalhador, os planos podem melhorar até mesmo a rotina de trabalho, permitindo que o funcionário se mantenha mais focado no serviço. Investir em um plano de saúde é vital para a boa imagem da empresa, a satisfação dos funcionários e a melhora da produtividade.

Qualquer empresa, independentemente de ter dois ou 200 funcionários, deve pensar seriamente sobre o assunto e a diferença que um plano poderá fazer no crescimento do negócio. Para os administradores que ainda têm dúvidas, vale a pena fazer um levantamento interno e descobrir o quanto um plano é importante e necessário na visão dos funcionários.

Você sabia? Segundo dados extraídos da ANS e atualizados em fevereiro do ano de 2020, existem mais de 31 milhões de pessoas que possuem plano de saúde empresarial de assistência médica, com ou sem odontologia.

ENTRAR EM CONTATO COM OS VENDEDORES DE PLANO DE SAÚDE EMPRESARIAL!

Principais benefícios

1. Valorização do funcionário

A competitividade atual entre diversos setores fez com que as empresas aderissem a novas estratégias de negócio, pensando não apenas na valorização do cliente, mas também do público interno.

Hoje em dia, uma empresa que não se preocupa com o bem estar e a saúde dos funcionários tende a enfrentar diversas crises na produção, se tornando uma entidade que não é respeitada pelos próprios trabalhadores.

Além de afetar a imagem do negócio, este tipo de empresa pode sofrer com a insatisfação dos funcionários e com o fracasso. De um médio a longo prazo, o resultado pode se refletir em uma má gestão, impedindo o crescimento e desenvolvimento do negócio, além de fazer com que a empresa perca em competitividade, que é algo vital para se manter no mercado.

Ao valorizar o funcionário, a entidade consegue construir um ambiente de trabalho mais agradável ao trabalhador. O funcionário passa a se sentir seguro com a própria saúde e se sente importante no trabalho, o que permite que o empregado vista a camisa da empresa e se torne uma peça chave para o crescimento da organização.

2. Aumento da produtividade

Se você imaginar uma situação em que o funcionário tem um filho doente em casa e esse trabalhador não possui um plano de saúde, psicologicamente, o problema irá gerar mais estresse com o atendimento público e preocupações com o estado de saúde da criança e com as opções de tratamento pelo SUS.

Se este mesmo funcionário tiver um plano de saúde oferecido pela empresa em que trabalha, a qualidade no atendimento médico ao filho, a proteção da própria saúde e da família serão sinônimos de tranquilidade, o que pode afetar diretamente a produtividade do trabalho através do bem-estar do funcionário.

Além disso, com um plano de saúde, o trabalhador provavelmente terá que faltar menos o trabalho por questões de saúde, como idas demoradas em hospitais públicos e esperas em longas filas para receber o atendimento que necessita.

Um plano de saúde pode deixar o funcionário mais focado no trabalho, tranquilo e pronto para produzir, pois não se sentirá insatisfeito com a empresa. No entanto, lembre-se de que apenas isto não é suficiente e de que é preciso elaborar outras estratégias para garantir a felicidade do público interno.

3. Vantagens para empresas pequenas

Quem tem empresas com menos de 30 funcionários pode pensar que o público interno é muito pequeno para investir em um plano de saúde. Principalmente para os negócios que ainda estão no primeiro ano de gestão, aderir a um seguro de saúde pode ainda parecer financeiramente pesado para uma empresa em estruturação.

No entanto, aderir a um plano de saúde empresarial é ainda mais importante quando há poucos funcionários. Sendo vital para o crescimento do negócio, é importante que a empresa passe a se preocupar com a saúde ainda nos primeiros anos de gestão.

Além disso, baixa produtividade e faltas dos funcionários por questões de saúde podem ser muito prejudiciais para o negócio de maneira geral. Se a empresa não for capaz de se desenvolver nos primeiros anos, a tendência é que o negócio não dê certo e comece a enfrentar crises de maneira precoce.

4. Adaptação do plano de saúde empresarial

Praticamente todas as operadoras que oferecem planos empresariais estão preparadas para atender a todos os tipos de empresas. Desde as microempresas, que possuem menos de cinco funcionários até os grandes negócios podem encontrar opções de planos adequados com o porte e desenvolvimento da entidade.

Para as microempresas, o fato de ter poucos funcionários beneficiados também faz com que o valor seja mais em conta. Para quem está começando um novo negócio, vale a pena pedir um orçamento para algumas operadoras de planos de saúde, comparar valores e checar todos os benefícios do seguro.

Aqui no Plano de Saúde, você terá acesso a essas informações de acordo com a localidade em que a sua empresa está instalada. Verifique todas as vantagens e faça um levantamento interno para descobrir o que os funcionários pensam sobre isto e que tipos de mudanças podem ocorrer no ambiente de trabalho após a adesão de um serviço de saúde ao trabalhador.

5. Menos impostos com o plano de saúde empresarial

Junto com um empreendimento, vêm os impostos. São oferecidos incentivos ficais às empresas, o qual consiste na redução ou eliminação do ônus tributário, derivado de alguma lei específica. O plano de saúde empresarial é um tipo de incentivo fiscal que, além de garantir benefícios aos funcionários, isentará ou reduzirá alguns impostos destinados à pessoa jurídica.

A empresa pode reduzir os gastos com o plano de saúde empresarial descontando-o diretamente do Imposto de Renda. Assim, plano de saúde empresarial não beneficia apenas os funcionários, mas como a empresa num todo.

ENTRAR EM CONTATO COM VENDEDORES DE PLANOS DE SAÚDE EMPRESARIAL

Quais tipos de cobertura geralmente são oferecidas em um plano de saúde empresarial

A “cobertura” é definida como o conjunto de procedimentos que são contemplados em um plano de saúde empresarial, sem o acréscimo de custos ou pagamentos adicionais.

Os planos de saúde são muito distintos entre si e abordam coberturas diferentes, podendo incluir:

  • Consultas;
  • Exames;
  • Internações hospitalares;
  • Procedimentos cirúrgicos;
  • Tratamentos médicos (como quimioterapia e hemodiálise);
  • Acompanhamento obstétrico e partos.

A lista de procedimentos obrigatórios é regulamentada pela ANS (Agência Nacional de Saúde). O nome oficial desta lista é “Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde”, você pode acessá-la no site oficial da ANS e fazer consultas gratuitamente.

Se você quer saber mais sobre o plano de saúde empresarial e como os benefícios podem ajudar a crescer com sua empresa, entre em contato com nossos vendedores e tire todas suas dúvidas!

Entenda qual é o melhor plano de saúde para você (e para o seu bolso!)Powered by Rock Convert
Bruno
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Bruno Avelino

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: