fbpx
Ir para o conteúdo
Bem estar Exercícios Físicos Saúde

Os benefícios do ciclismo para a saúde

Leitura: 9 min
2204 visualizações

Emagrecer, tonificar a musculatura, fortalecer a mente e ainda ser sustentável. Acredite ou não, os benefícios do ciclismo para a saúde do seu corpo e do planeta são tantos que ainda estão sendo descobertos.

Isso mesmo, a história desse veículo – cuja origem remonta ao primeiro velocípede, criado em 1855 por um ferreiro francês – que se tornou esporte está recheada de surpresas que não param de acontecer.

Para quem pensa em emagrecer, a bicicleta é perfeita, mas pesquisas mostram que, muito além do seu corpo, incorporar o ciclismo à sua rotina diária é capaz de modificar beneficamente o seu cérebro. Surpreso?

Com certeza, afinal quem tem plano de saúde sabe que pode contar com os melhores especialistas de cada área, mas lá no fundo espera nunca precisar deles. E para ajudar a deixar sua saúde de ferro e mantê-lo sempre em forma, a bicicleta, com certeza, é um ótimo meio.

Então vem com a gente descobrir quais são e aprender a utilizar os benefícios do ciclismo para a saúde. Assim você pode aproveitar cada vez mais esse meio de transporte amigo do meio ambiente e da sua qualidade de vida.

(Fontes: Sua Pesquisa, Algoo Power Sports)

ciclismo

Emagrecimento, apenas um dos muitos benefícios do ciclismo para a saúde

Estar no peso ideal é o sonho de muita gente, que fica muito mais próximo de se tornar realidade quando o ciclismo é incorporado ao dia a dia.

A atividade condiciona os músculos a queimar mais gordura, principalmente quando as distâncias são longas e o ritmo constante; as pernas têm maior irrigação, ficando mais aquecidas.

A temperatura mais alta faz com que a gordura seja queimada mais rapidamente para dar mais energia ao corpo – e você pedalar mais facilmente.

Os benefícios do ciclismo para a saúde são muitos, mesmo quando as distâncias são mais curtas e o passeio mais leve, há vantagens.

A queima de calorias permanece na fase de repouso, quando, depois do treino, o corpo entra em processo de reparação da musculatura.

Tudo isso acontece sem que as articulações sofram qualquer impacto, ficando mais protegida do que durante a corrida, por exemplo.

Por outro lado, além do maior condicionamento e resistência, há também aumento da massa magra, já que os maiores músculos do corpo são trabalhados incessantemente, como os glúteos, quadris e panturrilhas.

(Fonte: Revista Ride Bike)

ciclismo

Ciclismo também beneficia o cérebro

Acaba de voltar do passeio com a bike no maior bom humor? Sente o pensamento mais rápido e a atenção mais concentrada?

Cientistas acabaram de descobrir que os benefícios do ciclismo atuam também na saúde mental – e que bastam 30 minutos de ride para melhorar a memória, raciocínio e planejamento, além de combater a depressão e ansiedade. Isso tudo foi comprovado cientificamente.

Os benefícios do ciclismo para a saúde, então, podem ser grandes aliados aos planos de saúde, atuando como atividade física complementar aos tratamentos indicados pelos especialistas, por exemplo.

Ao andar de bicicleta, o sistema cardiovascular cresce mais no cérebro, da mesma forma que ajuda o sangue a fluir com mais facilidade para a musculatura.

Como resultado, as células do cérebro recebe mais nutrientes e oxigênio, melhorando sua performance.

Além disso, o ciclismo também atua fazendo com que o cérebro aumente a produção de proteínas que colaboram para a criação de novas células, duplicando ou até triplicando a sua produção.

Assim, aumenta também a quantidade de neurotransmissores fazendo com que a comunicação entre as regiões cerebrais seja mais eficaz, melhorando nossa capacidade cognitiva.

Os cientistas também descobriram que o ciclismo ajuda a retardar o envelhecimento cerebral. Eles compararam o cérebro de pessoas entre os 60 e 70 anos e perceberam que os das pessoas que praticavam ciclismo pareciam mais jovens do que daqueles que não o faziam.

(Fonte: Revista Bicicleta)

ciclismo

Como potencializar os benefícios do ciclismo para a saúde

Os benefícios do ciclismo para a saúde são inúmeros, mas você pode potencializá-los ainda mais evitando alguns hábitos prejudiciais bastante específicos.

Claro que uma alimentação saudável ajuda muito, assim como lagar o tabagismo e evitar o excesso de álcool, mas há outros fatores negativos que você pode estar cometendo sem sequer perceber.

Por exemplo, não faça o treino de outros ciclistas. Mantenha o foco em você mesmo e faça treinos individualizados, voltados para a sua evolução – independentemente do que o atleta adversário está fazendo ou o amigo recomenda. E não se esqueça de procurar um fisioterapeuta do plano de saúde se sentir dores ou desconfortos.

Preste atenção ao seu peso. Tenha uma alimentação saudável e balanceada e evite sobrecarga desnecessária. Um aumento de 2 ou 3 Kg no seu peso ideal já pode causar diferença na sua recuperação muscular.

Faça um plano alimentar personalizado com um nutricionista do seu plano de saúde.

Não ignore o período de recuperação e reconstrução muscular: sem ele não há evolução. procure ter boas noites de sono e hábitos saudáveis que não interfiram nos seus resultados.

Foque na qualidade da sua formação e varie seu treinamento, buscando novas metologias ou simplesmente trajetos diferentes.

(Fonte: Alta Performance Assessoria Esportiva)

ciclismo

Dicas para quem quer começar

Esteja sempre com a saúde em dia. Faça exames regulares, check-ups anuais para descobrir qualquer problema antes mesmo que ele se torne um.

Se sentir dores persistentes, mal estar ou qualquer coisa fora do normal procure seu médico. Controle a pressão arterial, faça provas de esforço e exames cardiovasculares antes de iniciar qualquer treino ou percorrer distâncias maiores se você não está acostumado.

Vá trabalhar de bike. Aproveite que as cidades estão cada vez mais preparadas com ciclovias e coloque a preguiça de lado. Deixe o carro em casa e vá trabalhar de bicicleta, por exemplo.

Use capacete, tenha uma sinalização adequada na bike, mantenha os pneus calibrados e planeje sua rota. Para começar, evite pedalar com companhia para não se distrair do trânsito à sua volta e pegar mais confiança.

Saiba escolher sua bicicleta. Pense no uso que você quer fazer dela. Uma bike retrô pode ser linda, mas talvez pesada demais para começar. Teste com uma emprestada antes de fazer sua escolha de compra.

Não tenha medo de sinalizar. O ciclismo é uma delícia, mas ele deve ser também seguro.

Sinalize com os braços antes de virar em curvas, se precisar grite, mas lembre-se sempre de ser civilizado. Se você perder a paciência com um motorista, muito provavelmente ele também perderá com você.

(Fontes: Alta Performance Assessoria Esportiva e Free The Essence)

ciclismo

E não se esqueça, faça um exame completo com seu cardiologista do plano de saúde antes de começar a pedalar. Assim você estará mais apto a aproveitar melhor todos os benefícios do ciclismo para a saúde.

Não tem um plano de saúde ainda? Isso não é desculpa para não começar a pedalar. Converse com um dos nossos vendedores especializados e veja como é fácil contratar o melhor plano de saúde para as suas necessidades!

Denise
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Denise Huguet

Jornalista formada pela PUC-RJ com certificação pela Rockcontent em produção de conteúdo. Já fui repórter, redatora, editora, assessora de imprensa e apresentadora de telejornal com passagens por jornais como O Globo, O Fluminense, A Tribuna e várias instituições de pesquisa e ensino. Desde 2010 me dedico integralmente à produção de conteúdo. Portfólio: https://denisehuguet.wixsite.com/dhcomunicacao

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: