fbpx
Ir para o conteúdo
Saúde

Ministério da Saúde faz parceria com app para prevenir contra Aids e DST

Leitura: 5 min
522 visualizações

Apesar de todas as campanhas de prevenção e as facilidades trazidas pelos planos de saúde, o público jovem apresentou uma taxa de detecção do HIV 41% maior em apenas 11 anos. Exatamente, o que deveria ter baixado, aumentou, fazendo com que o Ministério da Saúde buscasse alternativas para chegar de forma mais eficaz a este público-alvo. Como resultado, foi firmada uma parceria com desenvolvedores do aplicativo de encontros Hornet – que tem mais de 1 milhão de seguidores – para a uma ação no app que ajuda a prevenir contra a Aids e DST.

Campanha piloto com voluntários termina no dia 18

A campanha Close Certo, da qual o aplicativo faz parte, foi deflagrada em plenos Jogos Olímpicos e conta com o apoio do Programa Conjunto das Nações Unidas Sobre HIV/Aids (Unaids) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). A campanha segue até o dia 18 de setembro e até lá voluntários do Ministério da Saúde – sendo 18 promotores, três tutores e 15 colaboradores, todos já usuários do Hornet – terão seus perfis sinalizados pelo símbolo do Close Certo, o laço azul. Neste período o próprio Hornet estará encaminhando quatro mensagens inbox a todos os seus usuários explicando a campanha, com conteúdo sobre prevenção de HIV/Aids e DSTs.

Mais acesso a informações confiáveis

Todos os que procurarem os voluntários terão suas dúvidas esclarecidas, com informações confiáveis e acessíveis. A ideia é alcançar essa nova geração de jovens que é justamente o perfil dos usuários do aplicativo: média de 25 anos, gays e homens que fazem sexo com homens. Este, no entanto, é apenas um projeto piloto, cuja parceria, de acordo com o departamento de Vigilância em Saúde do Ministério, teve custo zero para a pasta. Neste primeiro momento a campanha está sinalizada para terminar no próximo dia 18, mas como o projeto é piloto, ela poderá ser desenvolvida para abranger outras ocasiões, como as festas de réveillon e carnaval.

Taxa de detecção aumentou 41% em 11 anos

Apesar da crescente popularidade dos planos de saúde e das facilidades de informação e acesso aos meios de prevenção que eles representam, os números da Aids e DSTs entre este público jovem aumentou drasticamente nos últimos 11 anos. Em 2004, a taxa de detecção no público entre 15 e 24 anos era de 9,5 casos por cada 100 mil habitantes, mas em 2014 a taxa aumentou para 13,4 casos, um aumento de 41% em 11 anos. Foram 4.669 casos notificados em 2014 – apesar das ações de prevenção continuas realizadas pelo Ministério da Saúde.

No ano passado, foi publicado também o Novo Protocolo Clínico de Diretrizes (PCDT) de Profilaxia Antirretroviral Pós-Exposição de Risco para Infecção pelo HIV (PEP) que aumentou o acesso público às estratégias de prevenção. De acordo com a PEP, pessoas que tiveram exposição ao vírus HIV devem tomar a medicação em até o máximo de 72 horas após a exposição ao vírus, sendo que o ideal é que seja usado nas primeiras duas horas.

HIV/Aids têm cobertura obrigatória pelos planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determina a cobertura obrigatória dos planos de saúde para a Aids e todas as doenças infectocontagiosas dentro dos limites do plano contratado. O mais importante, no entanto, é ficar a par dos métodos de prevenção, através do aplicativo e também conversando com o ginecologista ou urologista do plano de saúde sobre o uso de preservativos e comportamentos de risco.

Para quem ainda não tem plano de saúde o procedimento é bastante simples: sem nem precisar sair da frente do computador você faz a contratação em poucos minutos.

Veja os planos oferecidos pelas operadoras que atuam na sua região, veja aquele que mais se encaixa nas suas necessidades e expectativas, faça uma simulação online totalmente sem compromisso e fale com um vendedor especializado para ter mais orientações.

Plano
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Plano de Saúde

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: