fbpx
Ir para o conteúdo
Planos de Saúde Saúde

Lesão no joelho? O plano de saúde pode ser a solução!

Leitura: 4 min
4659 visualizações

As estatísticas são claras: 90% dos corredores sofrem com lesões no joelho, mas mesmo quem não é atleta está sujeito ao incômodo. As causas são variadas, podendo ocorrer por trauma, sobrecarga, desgaste da articulação ou processos inflamatórios, gerando desconforto, dor, inchaço e até impotência funcional. A lesão no joelho é a causa mais frequente de consultas no ortopedista – estima-se que só nos Estados Unidos e no Canadá 4 milhões de pessoas precisam de tratamento nos joelhos por ano, mas não há levantamento do tipo no Brasil. Para quem teme a cirurgia no menisco e tem plano de saúde, um estudo conduzido por cientistas noruegueses e dinamarqueses traz uma boa notícia: a fisioterapia é tão efetiva quanto a artroscopia.

Fisioterapia tem o mesmo efeito e mais vantagens

O estudo, que foi publicado no periódico científico BMJ, envolveu 140 pacientes com idade média de 50 anos diagnosticados com lesão degenerativa no menisco. Metade deles foi submetida à artroscopia e orientada a fazer exercícios em casa, e a outra metade a realizar três meses de fisioterapia entre duas e três vezes por semana.

Ao fim do período, o segundo grupo teve melhores resultados em termos de força muscular na coxa e, dois anos depois, a melhora foi considerada equivalente em ambos os grupos, com relatos semelhantes de progressão da dor, atividades de recreação, prática de esportes e qualidade de vida relacionada ao joelho.

O estudo mostra ainda que, além de ter poucos benefícios para a maioria dos pacientes com lesão no joelho, a cirurgia está associada a riscos a longo prazo, como perda de cartilagem e artrose. A fisioterapia, por outro lado, além de ser igualmente eficiente tem a vantagem de não oferecer risco de complicações, como qualquer método invasivo.

Faça do seu plano de saúde o seu melhor aliado contra a lesão no joelho

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que regula os planos de saúde, garante a cobertura de duas consultas por ano com o fisioterapeuta para cada nova doença diagnosticada e sessões ilimitadas de fisioterapia, respeitando a quantidade determinada pelo médico. Dessa forma, é possível fazer do seu plano o seu melhor aliado no tratamento das lesões do joelho.

De acordo com Nina Jullum Kise, cirurgiã ortopédica do Hospital Martina Hansens (Noruega) e co-autora do estudo, ainda que mais demorado, o tratamento fisioterapêutico deve ser empregado sempre antes de se cogitar a cirurgia, principalmente pela importância de preservar o menisco, reduzindo o risco de osteoartrite associada à operação. No entanto, ela destaca que o estudo foi realizado em pacientes com lesão degenerativa e não com lesão traumática – e que neste caso pode ser que a cirurgia seja a melhor solução – e que também pode ser coberta pelos planos de saúde.

Confira a cobertura do seu plano de saúde

De qualquer forma, vale lembrar que os planos de saúde podem ter cobertura diferente de acordo com a modalidade a qual pertencem. Planos ambulatoriais, por exemplo, têm cobertura apenas para consultas e exames, já os hospitalares cobrem cirurgias e internações. Para uma cobertura completa ele deve ser ambulatorial + hospitalar. Na dúvida, converse com o seu corretor ou consulte o contrato, lá estão todos os procedimentos cobertos.

Se você ainda não fez seu plano, não perca tempo. Consulte as operadoras que atuam na sua região e confira todos os planos de saúde oferecidos. Faça uma simulação de preços online sem compromisso e converse com um vendedor especializado. Você vai encontrar o plano perfeito par o seu perfil e o seu bolso!

Entenda qual é o melhor plano de saúde para você (e para o seu bolso!)Powered by Rock Convert
Bruno
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Bruno Avelino

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: