fbpx
Ir para o conteúdo
Plano Coletivo por Adesão Plano de Saúde para Empresas Planos de Saúde

Empresa: Planos de saúde coletivos

Leitura: 2 min
488 visualizações

Os planos de saúde coletivos são aqueles contratados por uma empresa para seus empregados ou pelos sindicatos e associações para seus filiados.

Os planos de saúde coletivos são mais baratos, já que quando há um grande número de clientes o risco se dilui e os custos se reduzem.

Porém, os planos coletivos não são fiscalizados pela ANS, ou seja, os reajustes e a rescisão contratual podem ser feitos livremente, acontecendo a qualquer momento, de acordo com a decisão da operadora.

Como os planos coletivos não são regulados pela ANS, pode ser que o que era barato já não seja mais.

Tipos de planos coletivos

Existem basicamente dois tipos de planos:

  • Coletivos por adesão: Contratados por pessoas jurídicas;
  • Empresariais: Prestam assistência à saúde dos funcionários das empresas.

Caso deseje mais informações, confira o artigo “Planos de saúde mais baratos”.

Preços dos planos para empresa

Os planos de saúde coletivos respondem por 73% dos contratos do país. O motivo disso é o preço, pois, em geral, esses planos são 30% a 40% mais baratos que os contratos individuais.

O valor reduzido é consequência de coberturas altamente flexíveis e da quantidade de beneficiários.

Quanto mais integrantes o plano coletivo tiver, maior é a probabilidade de que os pacientes que não utilizem os serviços compensem os custos de outros usuários.

Características dos planos coletivos

Os planos coletivos apresentam as seguintes características:

  • O cancelamento do contrato é uma prática corrente dos planos coletivos;
  • Em caso de demissão ou aposentadoria, há a possibilidade de cancelamento do contrato;
  • É possível contratar os planos coletivos por meio de empresa, associação ou sindicato;
  • Geralmente, são mais baratos que os contratos individuais da mesma operadora e cobertura;
  • Os reajustes não são regulados pela ANS, sendo os impostos maiores que os planos individuais.

Caso deseje mais informações, confira o artigo “Planos de saúde mais baratos”.

Conclusão

As seguradoras estão diminuindo a oferta de novos contratos individuais, então trocar o plano coletivo pelo individual pode ser difícil.

Por isso, se você já tem um plano individual analise se realmente é viável trocar de plano.

Lembre-se que se for contratar um plano coletivo, não há garantia que o preço baixo será mantido por muito tempo.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: