fbpx
Ir para o conteúdo
Emagrecer Exercícios Físicos Saúde

10 efeitos que o sedentarismo causa em sua saúde

Leitura: 6 min
9586 visualizações

Você já ouviu falar em sedentarismo? O sedentarismo é quando uma pessoa não faz nenhuma atividade física ou então quando ela acha que a caminhada de casa para o supermercado, por exemplo, já conta como uma. Porém, para não ser considerado sedentário, o indivíduo precisa gastar diariamente cerca de 2200 calorias no mínimo. Tarefa nada fácil!

O pior é que quem tem uma vida sedentária deixa seus sistemas funcionais em desuso. O corpo funciona como uma máquina e se você para de movimentá-lo, ele entra em um processo de regressão funcional, podendo ocasionar diversos problemas de saúde. E é sobre isso que veremos neste post. Entenda melhor!

Uma pessoa pode adoecer por ser sedentária?

Sim! Há várias doenças ligadas à vida sedentária. Dentre elas destacam-se a hipertensão arterial, diabetes, obesidade, ansiedade, aumento do colesterol e infarto do miocárdio.

O sedentarismo é também o principal culpado pelo aumento do risco de morte súbita, além de estar direta ou indiretamente associado a maioria dos casos de agravamento da grande maioria das doenças.

10 efeitos que o sedentarismo causa em seu corpo

Muita gente acha que a ausência de exercícios físicos só proporcionam o efeito de um corpo com gordura localizada, porém ela já ultrapassou o estigma de ser somente para aquelas pessoas que desejam atingir resultados físicos relacionados com os padrões de beleza que atualmente a sociedade impõe, mas por causa da saúde.

Por isso, entenda agora o que o sedentarismo pode causar a sua saúde, se você não começar a praticar algum exercício:

  1. Doenças cardiovasculares, como AVC ou infarto;
  2. Diabetes tipo 2, por causa da resistência à insulina;
  3. Gordura no fígado, causando a esteatose hepática não alcoólica, que em casos mais graves, pode desencadear a cirrose;
  4. Ausência de força muscular para lidar com certas atividades do dia a dia, até mesmo para subir escadas;
  5. Aumento do colesterol, triglicerídios plasmáticos e glicose sanguínea;
  6. Dificuldade de respiração e até apneia do sono;
  7. Redução da densidade mineral óssea;
  8. Dores nas articulações;
  9. Diminuição da circulação do sangue;
  10. Raciocínio lento, por causa da menor produção de neurotransmissores.

Sou sedentário, o que faço?

O ideal é começar a praticar uma atividade física regularmente, pelo menos 3 vezes por semana. Se você tiver alguma doença específica, converse com o médico do plano de saúde antes para que ele oriente qual deve ser a melhor atividade física direcionada ao seu problema.

É importante lembrar que uma pessoa que está há muito tempo parada, deve começar os exercícios aos poucos. Nada de exagerar e querer em apenas 1 dia, malhar tudo o que não malhou a vida toda, respeite seu organismo.

Uma boa maneira para começar é realizar caminhadas diárias. No início, pode caminhar mais vagarosamente e, aos poucos, aumentar a velocidade e o percurso. É algo simples, sem custo e que ainda permite que você desfrute das belezas da sua cidade e até mesmo interaja com a natureza. A caminhada é uma das mais indicadas, não tem contra indicação e é um exercício leve.

Pode também optar por correr, nadar, pedalar, jogar bola, vôlei, basquete ou frequentar uma academia. O importante é não deixar para amanhã e sair da vida sedentária hoje mesmo.

Sem contar que deve-se aliar ao exercício uma dieta passada por um nutricionista. Somente ele indicará os alimentos certos para potencializar os bons resultados a sua saúde.

 

Enquanto você pratica o exercício não se esqueça de:

  • Usar roupas adequadas;
  • Hidratar-se adequadamente;
  • Sentir bem-estar naquela atividade.

Para finalizar

Se você tem hipertensão, diabetes, coronariopatias ou doenças vasculares, pode ser que o seu médico recomende um exercício mais adequado às suas condições. Principalmente se tiver a intenção de fazer um exercício mais pesado.

Tendo bom senso e respeitando o seu corpo, ficará mais fácil a escolha do exercício certo. O bom é encará-lo não como uma obrigação, mas sim como um momento prazeroso do dia, no qual poderá cuidar de você mesmo e da sua saúde. Caso você sinta algum desconforto durante a prática ou no dia seguinte, converse com um profissional de saúde.

Lembre-se que exagerar e se machucar não compensa. Consulte seu médico antes e se tiver qualquer desconforto quando praticar algum exercício físico.

A atividade física regular e bem realizada, é essencial para uma vida saudável, livre de doenças e longe do sedentarismo. Além disso, a prática de exercícios pode relaxar, se tornar um grande lazer e deixar a vida mais bonita e prazerosa.

Ainda não tem um plano de saúde para consultas regulares? Que tal solicitar uma tabela de preços para ver se cabe em seu orçamento? Um plano de saúde é essencial para quem quer sair do sedentarismo com saúde. Solicite uma simulação online aqui e espere o contato de um corretor.

Plano
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Plano de Saúde

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: