fbpx
Ir para o conteúdo
Planos de Saúde

Como funciona o plano de saúde para diabéticos

Tire suas dúvidas sobre os benefícios e muito mais!

Leitura: 7 min
851 visualizações

A diabetes é uma condição que necessita de acompanhamento médico e da realização de exames frequentes – por conta disso, um plano de saúde para diabéticos pode ser a melhor escolha! 

Nosso país é o quarto com o maior caso de pessoas com diabetes – estima-se que sejam mais de 16 milhões de brasileiros com a condição.

Sendo assim, os cuidados e acompanhamentos médicos são fundamentais. Nesse conteúdo, iremos abordar um pouco mais sobre o plano de saúde para diabéticos – como ele funciona, o que se trata a condição, quais seus direitos e muito mais. 

 

O que é a diabetes?

Diabetes mellitus, comumente conhecida como diabetes, é uma doença metabólica que causa níveis elevados de açúcar no sangue. O hormônio insulina move o açúcar do sangue para as células para ser armazenado ou usado como energia. Com esse distúrbio, seu corpo não produz insulina suficiente ou não pode efetivamente usar a insulina que produz.

O alto nível de açúcar no sangue não tratado pode prejudicar seus nervos, olhos, rins e outros órgãos.

Existem alguns tipos diferentes:

  • O tipo 1 é uma doença autoimune. O sistema imunológico ataca e destrói as células do pâncreas, onde a insulina é produzida. Não está claro o que causa esse ataque. Cerca de 10% das pessoas têm esse tipo;
  • O tipo 2 ocorre quando o corpo se torna resistente à insulina e o açúcar se acumula no sangue;
  • A pré-diabetes ocorre quando o açúcar no sangue está acima do normal, mas não é alto o suficiente para um diagnóstico do tipo 2;

A diabetes gestacional é determinada pelo alto nível de açúcar no sangue durante a gravidez. Os hormônios bloqueadores de insulina produzidos pela placenta causam esse tipo de complicação da doença.

Uma condição rara chamada diabetes insipidus não está relacionada à diabetes mellitus, embora tenha um nome semelhante. Essa é uma condição diferente, em que os rins removem muito líquido do corpo.

 

Como ocorre a contratação de um plano de saúde para diabéticos?

Na contratação de um plano de saúde para diabéticos, é necessário que se escolha entre duas opções de cobertura. Entre elas, temos:

Agravo de contrato

Esse tipo de cobertura de contrato tem um valor adicional no momento da contratação – referente aos gastos com todas as despesas que possam ser relativas ao atendimento da condição preexistente. Entretanto, escolhendo esse tipo de cobertura, o segurado terá atendimento imediato, sem necessidade de cumprimento de período de carência. 

Parcial temporária

Sendo considerada uma carência, o cliente com diabetes não terá acesso ao atendimento de possíveis processos cirúrgicos, procedimentos altamente tecnológicos e/ou leitos hospitalares durante um período de dois anos. 

Quando esses 24 meses são cumpridos, o cliente poderá ter acesso a todas essas coberturas que foram negadas anteriormente. É importante ressaltar que, após esse período, o acesso de todas as coberturas deve ser liberado sem custos adicionais!

 

Mudanças na lei

Antes da lei entrar em vigor em 2007, era comum as pessoas com diabetes serem proibidas de contratar um plano de saúde – devido aos altos custos quanto ao tratamento adequado da doença. 

Entretanto, em Outubro de 2007, vigora a Lei Nº 2.583 – que proíbe os planos de saúde de negarem  a adesão de portadores de diabetes ou qualquer outra doença preexistente ou deficiência física. 

Foram necessárias a criação de algumas regras para adesão no plano de saúde para diabéticos – como, por exemplo, a obrigatoriedade do cliente em informar a operadora sobre sua doença no ato de contratação de seu plano. 

 

Os benefícios do plano de saúde para diabéticos

Um dos principais benefícios é o fornecimento das bombas de insulina e dos demais insumos para o tratamento da diabetes pelo plano de saúde. Apesar desse processo não constar no rol da ANS,  trata-se de uma situação consolidada por inúmeras decisões judiciais.

Além disso, as vantagens do plano de saúde para diabéticos está, também, na(o):

  • Acesso a exames laboratoriais;
  • Direito a procedimentos cirúrgicos indispensáveis;
  • Consultas médicas de rotina ou emergências;
  • Consulta médica em diversas especialidades;
  • Orientação e acompanhamento com psicólogos e nutricionistas

Outras vantagens devem ser ressaltadas, como:

Maior segurança e qualidade

O primeiro dos benefícios importantes de se ter um plano de saúde é a segurança por saber que se porventura você ou seus familiares precisarem de um atendimento médico, receberão o melhor possível, sem ter que esperar por horas. Esse sentimento de segurança proporciona um imenso ganho na qualidade de vida.

Expectativa de vida

Tendo boas condições de manter uma saúde em dia, viver mais se torna apenas uma consequência. Além disso, a contratação do serviço garante muito mais tranquilidade ao saber que se alguma doença aparecer, você receberá um atendimento digno.

Coberturas nacionais

Vale a pena investir em um plano com cobertura nacional. Caso viaje muito, estará sempre tranquilo sabendo que esteja onde estiver, se algum acidente acontecer, você será atendido como merece.

Adoecer com menor frequência

Pode parecer contraditório, mas sim, quem conta com um convênio de saúde, possui mais facilidades em agendar consultas de rotinas. Conseguindo assim focar na saúde preventiva evitando doenças mais graves.

Rapidez para marcar exames

O mesmo vale para os exames médicos, quando se conta com um bom convênio de saúde, conseguir agendar e realizar um exame, por mais específico e/ou detalhado que ele seja, é muito mais fácil e rápido do que quando se conta apenas com o SUS.

Entenda qual é o melhor plano de saúde para você (e para o seu bolso!)Powered by Rock Convert

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: