fbpx
Ir para o conteúdo
Planos de Saúde

Como funciona o atendimento de emergência dos planos de saúde

Leitura: 4 min
1145 visualizações

Antes de contratar um plano de saúde é importante o usuário ler o contrato de maneira atenta para posteriormente saber o que se pode e o que não se pode exigir do plano contratado. Os planos de saúde possuem diferentes tipos e diversas maneiras de funcionamento, todas elas regulamentadas pela ANS, sendo assim, antes de contratar um plano é importante coletar o máximo de informações possíveis sobre o atendimento de emergência do plano de saúde contratado.

Plano ambulatorial

Quem optar pela contratação de um plano de saúde no modelo ambulatorial, terá direito a receber atendimento de urgência limitado apenas nas primeiras 12 horas em uma unidade pronto socorro. No caso de necessidade de internação hospitalar, mesmo que seja por um período igual ou inferior a 12 horas, o plano de saúde não irá fornecer qualquer tipo de cobertura. Caso isso ocorra, o plano deverá se responsabilizar pelo transporte do usuário da unidade de pronto socorro que faça parte da rede credenciada do plano para uma unidade do SUS que tenha disponibilidade para dar continuidade no tratamento.

Diferença entre emergência e urgência nas coberturas dos planos de saúde

A emergência é caracterizada quando há um risco imediato de vida ou de lesão irreparável para o paciente, com declaração do médico que assistiu o paciente;

A urgência ocorre quando os casos resultantes de acidentes pessoais ou então de complicações no processo gestacional de um(a) paciente.

A gravidade, seriedade e/ou então a impossibilidade de se sujeitar à espera são configuradas nos requisitos indissociáveis à caracterização de urgência e de emergência, a ponta de tornar abusiva qualquer disposição contratual que cerceie o atendimento, exceto seja necessário um tratamento de uma doença/patologia pré-existente à contratação do plano de saúde ocasião em que as disposições do contrato podem prevalecer.

No plano hospitalar, o atendimento de urgência decorrente de acidente pessoal será garantido sem qualquer tipo de restrição, após decorridas 24 horas de vigência do contrato. Levando em consideração o Código Civil, a necessidade de proteção à saúde e a vida do segurado deve sobrepor qualquer outro interesse, ainda que seja tutelado pela lei ou pelo contrato.

Prazo de carência para atendimentos de urgências e emergências nos planos de saúde

O prazo de carência para atendimento no caso de emergências e/ou urgências nos planos de saúde é de no máximo 24 horas contadas a partir da assinatura do contrato. Entende-se por urgência a ocorrência

Admite-se o reembolso de valores pagos, nos limites contratados e de acordo com os preços praticados pelo plano de saúde nos casos em que não for possível a utilização dos serviços contratados ou credenciados pela operadora, como falta de leito, aparelhos quebrados, ausência de médico especialista, por exemplo.

Agora que você já sabe como funcionam os atendimentos de emergência e urgência através dos planos de saúde que tal contratar um plano para proteger toda sua família? Para isso, basta entrar em contato com as operadoras de saúde de sua região e contratar o plano que cabe no seu bolso e atenda suas necessidades. Não dependa da sorte, tampouco do SUS, quando o assunto é tranquilidade e segurança, um plano de saúde é a solução.

Plano
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Plano de Saúde

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: