fbpx
Ir para o conteúdo
Bem estar

Como acabar com as espinhas

Leitura: 4 min
514 visualizações

Problemas com espinhas são muito comuns em muitas pessoas. O surgimento das espinhas nada mais é do uma inflamação das glândulas sebáceas e pode ser causada por uma série de fatores. De acordo com médicos de planos de saúde as principais causas do surgimento dessas erupções cutâneas são: alimentação, genética, estresse e hormônios.

Também conhecida como acne, as espinhas podem surgir em pessoas das mais variadas idades, porém é nos adolescentes que elas costumam fazer grande estrago. Isso ocorre pelo simples fato das glândulas que liberam os hormônios ainda estarem em processo de desenvolvimento, aumentando assim a oleosidade da pele.

O problema não é grave, mas pelo simples fato de comprometer a estética é muito reclamado por adolescentes, principalmente do sexo feminino. Embora sejam um problema relativamente simples, as espinhas requerem cuidados e atenções especiais. Confira a seguir algumas dicas dadas por dermatologistas de planos de saúde, para acabar ou então diminuir as espinhas.

Alimentação saudável é de grande importância

Uma das melhores maneiras de acabar com as espinhas é através de uma alimentação saudável e equilibrada. Nutricionistas e dermatologistas de planos de saúde afirmam que vegetais verde escuros folhosos como brócolis e espinafre por exemplo são de grande ajuda. Além disso, é necessário evitar alimentos gordurosos e ingerir bastante liquido. Isso diminui a oleosidade da pele e diminui o surgimento de novas espinhas.

Pele limpa também ajuda

De acordo com renomados dermatologistas de planos de saúde manter a pele limpa é fundamental no combate às espinhas. Remover maquiagens ao fim do dia evita o acumulo de produtos nos poros e consequentemente inflamações que levam ao surgimento de novas espinhas.

Roupa de cama limpa e sempre trocada

Outra grande dica é trocar a roupa de cama ao menos duas vezes por semana, isso porque utilizar a roupa de cama por mais do que sete dias contribui para o aumento da oleosidade da pele. Portanto, se quer se ver livre de espinhas é necessário trocar a roupa de cama com bastante frequência afirmam os dermatologistas de planos de saúde.

Dê um basta aos cosméticos oleosos

Evite utilizar maquiagens e cremes hidratantes à base de óleo. Utilize preferencialmente sabonetes que reduzem a oleosidade da pele, porém, sem resseca-la de maneira excessiva. Quanto o assunto for proteção solar, utilize protetores em gel, esses protegem do sol, previnem manchas e não deixa a pele oleosa e suscetível às espinhas.

Receitas caseiras devem ser evitadas

Evite dar ouvidos a sua mãe, tia ou então avó. Elas sempre terão uma receita caseira para acabar com as espinhas, as mais comuns são utilizar limão, pasta de dente e/ou algumas folhas medicinais. Essas receitas caseiras podem prejudicar ainda mais a situação das espinhas, portanto, evite cair nessa armadilha.

Um plano de saúde pode ser de grande ajuda na resolução do problema

Ter um plano de saúde pode ser uma ótima opção para se livrar de espinhas e de outros problemas na pele, pois através será possível ter acesso a dermatologistas especialistas na área que serão capazes de solucionar o seu problema, seja ele qual for.

Portanto, não perca mais tempo! Entre em contato agora mesmo com as operadoras de saúde de sua região e contrate um plano de saúde que caiba no seu bolso e atenda suas necessidades. Sua saúde, beleza e autoestima agradecerão.

Bruno
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Bruno Avelino

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: