fbpx
Ir para o conteúdo
Câncer Para Homens Saúde

Câncer de próstata: tudo que você precisa saber!

Leitura: 5 min
586 visualizações

O segundo tipo de câncer mais comum entre os homens em todo o mundo, o câncer de próstata é considerado uma doença da terceira idade, já que três quartos dos casos mundiais acontecem após os 65 anos. Em alguns casos os tumores crescem rapidamente, atingindo outros órgãos e podendo levar ao óbito, mas a verdade é que a grande maioria cresce tão lentamente que, em média, leva cerca de 15 anos para atingir 1 cm³, segundo o próprio Instituto Nacional do Câncer (Inca). O câncer de próstata tem cura quando diagnosticado precocemente através de exames regulares após os 50 anos. Para quem tem plano de saúde não há desculpa: é muito fácil ir às consultas e fazer todos os exames sem gastar nada a mais por isso.

Mais de 60 mil brasileiros terão câncer de próstata em 2016

No entanto, para quem não tem plano de saúde ou deixa a preguiça ou o preconceito falar mais alto, a conta pode ser alta. De acordo com a estimativa do Inca, 61.200 brasileiros deverão apresentar diagnóstico de câncer de próstata em 2016. Na última medição do órgão, mais de 13.700 homens faleceram por causa da doença em 2013. O câncer de próstata é a segunda maior causa de morte masculina por câncer, ficando atrás apenas das causadas pelo câncer de pulmão.

A próstata é uma glândula exclusivamente masculina que, do tamanho de uma noz, fica localizada na frente do reto e da uretra, logo abaixo da bexiga. Parte do líquido seminal que protege e nutre os espermatozoides é produzida pela próstata – e são justamente estas células produtoras do sêmen que originam a maior parte dos cânceres no órgão: são os adenocarcinomas.

Realização de exames divide opiniões dos especialistas

O crescimento lento na maioria dos casos faz com que 80% dos homens que falecem após os 80 anos e que tinham câncer de próstata sequer desconfiassem que tinham a doença. O problema é que é impossível saber a velocidade que a doença tomará, portanto o diagnóstico precoce pode ser a única forma de combatê-la.

Pelo plano de saúde os beneficiários têm acesso a todos os exames, sem qualquer custo adicional. Para a Sociedade Brasileira de Urologia, os exames de rotina podem salvar vidas, e deve ser feito regularmente por todos os homens acima de 50 anos e a partir dos 45 anos pelos homens negros ou/e que tenham casos da doença na família. Para os especialistas do Inca, no entanto, os riscos do tratamento não compensam os benefícios.

Segundo o Instituto,quando um paciente decide tratar um câncer de próstata diagnosticado mas que não vai evoluir clinicamente, ele acaba sujeito às sérias consequências do tratamento, que são ansiedade, impotência sexual e incontinência urinária, que atingem mais da metade dos homens que retiram a próstata.

O que fazer então?

Enquanto a Sociedade Brasileira de Urologia recomenda a realização dos exames (PSA e de toque) para todos os homens a partir dos 50 anos, o Inca e o Ministério da Saúde consideram que homens saudáveis, sem sintomas da doença, como dificuldade para urinar, não façam os exames. Em meio à polêmica, o que fazer, já que os exames não conseguem mostrar a diferença entre um câncer agressivo e outro sem gravidade?

Para o Inca, uma vez trazido para o rastreamento geral da população masculina, o PSA pode criar muito alarde e tratamentos desnecessários, mas deve, sim, ser usado no momento em que, em casos específicos, o médico julgar necessário. Todos os especialistas concordam, no entanto, em dois pontos: que deve haver consultas regulares com o médico, sempre com muito diálogo para que a avaliação seja de forma individualizada em cada caso, e que a melhor prevenção contra o câncer de próstata é a prática de exercícios físicos, o não-tabagismo e a adoção de uma alimentação saudável e balanceada.

Seja qual for a orientação, o plano de saúde é o seu melhor amigo, provendo consultas com os melhores especialistas, que saberão a melhor estratégia para o seu perfil.

Não tem um plano de saúde ainda? Faça um agora mesmo com a maior facilidade. Veja quais os planos oferecidos pelas operadoras que atuam na sua região, faça um orçamento online sem compromisso e converse com um dos nossos corretores especializados. Afinal, sua saúde merece o melhor.

Bruno
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Bruno Avelino

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: