Ir para o conteúdo
Planos de Saúde

As maravilhas da assistência médica empresarial!

Leitura: 5 min
226 visualizações

Apesar de todos os brasileiros terem a disposição o Sistema Único de Saúde (SUS) para cuidar de sua saúde, o trabalhador brasileiro enxerga a assistência médica empresarial e o plano de saúde como um dos fatores mais decisivos no momento de disputar uma vaga de emprego devido ao atendimento, consultas e exames ainda muito demorados do sistema público de saúde.

Sabemos que o SUS é um modelo visionário da saúde, porém, apresenta ainda uma grande precariedade e as más condições em diversos hospitais, centros de atendimento emergenciais etc. Sem acesso a serviços de saúde, o trabalhador se vê em uma “sinuca de bico” pois é observada uma queda de sua produtividade e até mesmo para o seu âmbito pessoal e físico.

Além disso, é uma grande realidade que os planos de saúde individuais (e privados) tem ainda um custo bastante elevado mesmo que hoje haja uma maior quantidade de ofertas no mercado — sendo inacessíveis para uma grande parte da população. A assistência médica empresarial muitas vezes atua nesta falha, sendo ofertado para os trabalhadores que estão atrelados a uma determinada empresa ou instituição.

FICOU INTERESSADO? FAÇA AGORA SUA COTAÇÃO!

O que é?

Podemos caracterizar a assistência médica empresarial como um benefício que nos possibilita cobertura médica e hospitalar de qualidade em consultórios, clínicas, laboratórios e entre outros – sendo considerado um grande benefício nas empresas nos dias de hoje.  

É fundamental que as empresas pensem no cuidado e saúde de seu colaborador – pois um acompanhamento médico regular proporciona mais saúde e bem-estar, consequentemente, mais produtividade e empenho em seus serviços.

Como funciona o plano de saúde empresarial?

O plano de saúde e a assistência médica empresarial podem ser divididos em dois grupos:

Coletivo empresarial: aqueles que prestam serviços de assistência à saúde dos funcionários de uma determinada empresa devido ao seu vínculo empregatício ou relacionado aos regulamentos e normas de instituições públicas;

Coletivos por adesão: estes são aqueles contratados por pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como ocorre em conselhos, sindicatos e outras associações profissionais.

FAÇA SUA COTAÇÃO!

Plano de saúde coletivo empresarial

Para o plano de saúde coletivo empresarial é essencial que haja um vínculo empregatício ou que seja regido por estatuto próprio do poder público para o qual trabalha. Os trabalhadores que podem se tornar beneficiários deste grupo são:

  • Empregados ou servidores públicos;
  • Demitidos e aposentados;
  • Sócios;
  • Administradores;
  • Estagiários da empresa contratante.

Em relação aos dependentes, ou seja, as pessoas que podem participar do plano de saúde juntamente dos beneficiários, são os familiares. No entanto, terão de comprovar os seguintes graus de parentesco previstos na legislação:

  • Até o 3º grau de parentesco consanguíneo;
  • Até o 2º grau de parentesco por afinidade (caso de irmãos, tios, sobrinhos e primos do cônjuge ou companheiro);
  • Cônjuge ou companheiro.

Plano de saúde coletivo por adesão

Para o plano coletivo por adesão a pessoa em questão deve comprovar ter vínculo com a entidade, conselho, sindicato ou associação, a fim de demonstrar que ela de fato atua na categoria.

Quais tipos de cobertura geralmente são oferecidos em um plano de saúde empresarial

A “cobertura” é definida como o conjunto de procedimentos que são contemplados em uma assistência médica empresarial, sem o acréscimo de custos ou pagamentos adicionais.

Os planos de saúde são muito distintos entre si e abordam coberturas diferentes, podendo incluir:

  • Consultas;
  • Exames;
  • Internações hospitalares;
  • Procedimentos cirúrgicos;
  • Tratamentos médicos (como quimioterapia e hemodiálise);
  • Acompanhamento obstétrico e partos.

A lista de procedimentos obrigatórios é regulamentada pela ANS (Agência Nacional de Saúde). O nome oficial desta lista é “Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde”, você pode acessá-la no site oficial da ANS e fazer consultas gratuitamente.

Quem pode contratar os planos de saúde empresariais?

Os planos de saúde empresariais ou coletivos por adesão podem ser contratados por pessoas jurídicas, ou seja, devem estar identificados por um CNPJ.

Quem pode contratar estes planos de saúde são as pessoas contratadas por uma empresa, conselho, sindicato ou associação junto à operadora de planos de saúde para oferecer assistência médica e/ou odontológica aos trabalhadores vinculados a empresa e aos dependentes dessas pessoas (como dito anteriormente).

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: