fbpx
Ir para o conteúdo
Saúde

Álcool e cigarro? Os vícios podem estar interligados!

Leitura: 3 min
628 visualizações

Se você fuma e é daquelas pessoas que mal pega em um copo de cerveja já tem que acender um cigarro, você faz parte da grande maioria dos tabagistas. Mas, ao contrário do que imaginava a medicina, quem para de fumar reduz também a quantidade de bebida alcoólica – e isso sim, pegou muitos pesquisadores de surpresa. Um estudo publicado na revista científica BMC Public Health mostra que quem pelo menos tenta parar de fumar acaba também reduzindo a quantidade de álcool ingerida. Outra boa notícia é que quem tem plano de saúde pode contar com a ajuda de vários especialistas na tentativa de largar ambos os vícios que, ao que tudo indica, estão interligados.

Pesquisa envolveu mais de 30 mil pessoas

O estudo foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade College London (Inglaterra), que analisaram nada menos que os resultados pesquisas domiciliares com 31.878 pessoas acima de 16 anos. Destes, 2.678 haviam parado de fumar entre março de 2014 e setembro de 2015, 144 na semana anterior à pesquisa. No formulário entregue era pedido que essas pessoas falassem sobre o seu consumo de álcool, dessa forma foi possível comparar o consumo de quem estava tentando parar de fumar com o de quem nem tentou.

O resultado mostrou que quem estava tentando parar ou conseguiu parar de fumar bebeu menos que os outros, que tinham menos tendência em beber em binge – 5 doses (homens) ou 4 doses (mulheres) em menos de duas horas – e eram mais propensas a serem classificadas como pessoas que bebem pouco. Até então, achava-se que a quantidade de bebida ingerida aumentaria como uma forma de compensar a falta do cigarro: o próprio Instituto Nacional da Saúde americano considera o álcool um gatilho para o tabagismo, prejudicando quem tenta parar de fumar, ao contrário do que mostra a pesquisa.

Plano de saúde oferece ajuda profissional especializada

Para muitas pessoas o vício é tão forte que é preciso ajuda profissional para parar de fumar. Todos os anos milhares de pessoas procuram os especialistas dos planos de saúde para fazerem terapias cognitivas-comportamentais ou de reposição de nicotina, bupropiona, nortriptilina, clonidina ou vareniclina. Mesmo quem tem medo de ganhar peso ao parar de fumar pode contar com a ajuda dos nutricionistas da rede credenciada, que elaboram planos alimentares individualizados para evitar o sobrepeso e reduzir a ansiedade. No entanto, é bom lembrar que ainda que 80% das pessoas que param de fumar engordem, o sobrepeso médio é de apenas 4 Kg.

Por isso, se você quer parar de fumar, pode começar o processo procurando ajuda profissional especializada na rede credenciada do seu plano. Se você ainda não tem um, veja quais as operadoras que atuam na sua região e escolha um plano de saúde individual que tenha tudo o que você precisa.

Aproveite a chance de investir na sua saúde e fale com um vendedor especializado, ele indicará as melhores opções de acordo com o seu perfil.

Plano
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Plano de Saúde

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: