fbpx
Ir para o conteúdo
Bem estar Cobertura dos Planos de Saúde Plano de Saúde para Empresas

5 principais riscos ergonômicos que devem ser evitados nas empresas

Leitura: 4 min
62 visualizações

A postura inadequada, o ritmo acelerado e a repetitividade são alguns dos principais riscos ergonômicos nas empresas. Tais condições prejudicam a saúde e o bem-estar dos colaboradores e resultam na queda da produtividade ou, até mesmo, no afastamento por motivos de doença.

Esse assunto é tão importante para os empreendedores que existe uma norma regulamentadora para tratar disso, a NR 17. Sendo assim, é fundamental seguir as diretrizes vigentes para preservar o estado físico e emocional dos funcionários e evitar acidentes que levem a perdas e a ações na Justiça do Trabalho.

Neste post, mostraremos o que são riscos ergonômicos, por que é preciso se preocupar com eles, quais são os principais e como preveni-los. Entenda!

O que são riscos ergonômicos e por que se preocupar com eles?

Os riscos ergonômicos são condições que afetam o bem-estar e a saúde física e mental dos profissionais no ambiente de trabalho. As empresas nem sempre dão a devida atenção a eles e só percebem a importância de preveni-los quando levam a prejuízos por doenças ocupacionais e afastamentos.

Um espaço corporativo adequado às exigências previstas em norma regulamentadora é fundamental para coibir os riscos ergonômicos. Além disso, algumas empresas desenvolvem programas para amenizar os efeitos provocados por determinadas atividades, como a ginástica laboral e o investimento em salas de descompressão.

Quais são os principais tipos de riscos ergonômicos?

Veja, a seguir, quais são os riscos ergonômicos mais comuns nas empresas!

1. Repetitividade

Realizar movimentos repetitivos, como ficar muito tempo em frente ao computador ou operar máquinas, gera fadiga e desgaste. Ambientes assim favorecem o surgimento de inflamações e LER (Lesão por Esforço Repetitivo). Tais problemas limitam a movimentação e causam dores, logo, estão entre os principais motivos de afastamento no trabalho.

2. Postura incorreta

A postura inapropriada resulta em cansaço e lesões. Além disso, atinge determinadas regiões, como a coluna, a lombar, os ombros e o pulso, o que propicia o DORT (Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho). O quadro se agrava quando esse tipo de risco ergonômico está associado à repetitividade. Por isso, é fundamental sentar-se ou posicionar-se de forma adequada durante as atividades.

3. Ritmo acelerado

Ainda que o colaborador cumpra à risca a sua carga horária, é preciso atentar para o ritmo laboral dele. Afinal, em plena era tecnológica, o excesso de trabalho está entre os riscos ergonômicos mais comuns. O resultado disso é o aparecimento do estresse, que afeta tanto o estado psicológico quanto o físico, levando à depressão, à ansiedade, a gastrites e a doenças cardiovasculares, por exemplo.

4. Monotonia

O fato de executar a mesma atividade todos os dias favorece a desmotivação e o presenteísmo, ou seja, a perda da produtividade mesmo com a presença diária do funcionário no local. Com o passar do tempo, o profissional desenvolve ansiedade e depressão devido à falta de interesse pelo trabalho.

5. Iluminação inadequada

Dores de cabeça, irritação, estresse e problemas na vista são alguns dos transtornos decorrentes da luminosidade inapropriada. A depender do segmento, locais mal iluminados colocam em risco a saúde e a vida do trabalhador. Vale lembrar que uma iluminação adequada não é nem excessiva e nem insuficiente. Para uma boa distribuição em todo o espaço, o ideal é que ela seja difusa.

Agora, sim, você sabe quais são os principais riscos ergonômicos no ambiente de trabalho. Para preveni-los, é preciso realizar uma ampla análise ergonômica na empresa e adotar medidas importantes, como a adequação de assentos e a implantação de programas de ginástica laboral. Além disso, oferecer um bom plano de saúde é um meio de incentivar o bem-estar dos colaboradores.

E então, achou este post relevante? Se você se preocupa com a saúde dos seus funcionários, entre em contato com o planodesaude.net.br e descubra quais são os serviços que temos a oferecer!

Plano
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Plano de Saúde

O melhor canal de informações sobre saúde, bem-estar e planos de saúde do Brasil. Conteúdos com credibilidade e que irão melhorar o seu dia a dia.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: